Descobrir Portugal: 10 cidades imperdíveis fora do radar habitual

“A cerca de 60km do Porto, Amarante é um destino que vale muito a pena visitar. Caminhe pelas ruas antigas do centro histórico, onde poderá encontrar inúmeros exemplos de arquitetura românica e ainda muitos edifícios da Idade Média. Veja o casario típico e a história que a cidade conta, seguindo assim o passeio pela ponte de S. Gonçalo (nome do frade dominicano que a terá mandado construir) e aprecie alguns dos pontos mais turísticos da cidade: a Igreja e Convento de São Gonçalo e o Museu Amadeo de Souza-Cardoso. Ao passear junto do convento, principalmente ao fim de semana, vai reparar nas barracas dos vendedores dos doces de S. Gonçalo que, por terem um aspeto fálico, são sempre motivo de curiosidade e de grandes gargalhadas. A tradição manda que, nas festas de S. Gonçalo, os rapazes os ofereçam às raparigas que querem conquistar. Assim era antigamente, pelo menos. Mas, segundo a lenda, quem quer arranjar noivo tem de tocar no túmulo de S. Gonçalo, vai daí que se assuma o santo como casamenteiro…

Visita extra: Desde as piscinas naturais do Rio Ôlo (o mesmo rio que passa na famosa cascata de Fisgas do Ermelo no distrito de Vila Real), à aldeia de Carvalho de Rei e Lugar da Rua, passando pela Serra do Marão e até mesmo o Vale do Douro ali tão perto… não vão faltar atividades para os mais aventureiros e exploradores.”

 

Ver artigo original